O pau que virou cabide

JBPT5542Quando vou à praia com o meu filho (praia! que saudades…) costumamos fazer uma brincadeira a que chamamos “caçar tesouros” e que basicamente consiste em caminharmos à beira da água à procura de coisas trazidas pelo mar, sejam conchas, pedras ou paus. Este verão, numa dessas nossas “explorações”, deparámo-nos com este pau. Ora o Tiago, não só gosta de caçar tesouros como faz questão de os trazer para casa. Eu lá vou tentando desfazer-me das coisas, mas ele tem memória de elefante e percebe logo quando algo desaparece do quarto dele.

Como o rapaz fazia tanta questão de guardar este precioso objecto, decidi incorporá-lo na decoração do quarto. A verdade é que eu também gosto de objectos rústicos e por isso surgiu-me logo a ideia de transformar o pau num cabide. E não é nada difícil.

Lixei-o ligeiramente. A seguir fiz três furos de um lado ao outro com uma broca fina. Nesses furos enrosquei 3 puxadores de gavetas. Na parte de trás, preguei daqueles “ganchos”  dos quadros para pendurá-lo na parede. Et voilá! O pau da praia virou cabide, o Tiago manteve o “tesouro” dele e eu dei-lhe uma função prática.

Gostaram?

JBPT5545

8 Comments

  1. Está espectacular!
    Excelente ideia!

  2. Vânia Jesus

    Adorei a ideia Vanda =) =)

    Magnifique =)

  3. Ana Moreira

    ADORO!!!!!! E esses puxadores são o máximo, onde compraste?

  4. Teresa Jirge

    Belíssima ideia!! Adorei

  5. Fátima Almeida

    Lindissimo! Parabéns! Também gosto imenso de “inventar” 😉 mas, se calhar , eu passava-lhe também um pouco de verniz?? Só para proteger e evitar que apanhe “bicharada”?

    • Amiga, um pau destes, que certamente esteve muito tempo no mar, está impregnado de sais da água do mar e a bicharada não gosta muito do sabor a mar…

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.