21 dias

Diz que é por esta altura do ano, ou seja, logo a meio do primeiro mês, que a maior parte das pessoas desiste (ou adia) as suas resoluções de ano novo. Ora eu, que não gosto de fazer parte de estatísticas menos felizes, decidi que agora é que é. Agora é que é uma boa altura para me focar em resoluções, decisões, quereres, vontades ou o que quer que lhes decidamos chamar. Pensando bem…acho que até prefiro desafios.
Porque, na verdade, o que mais quero este ano é desafiar-me…

E o primeiro desafio que me lanço é PERDER PESO! Acreditem ou não, em (já) mais de 40 anos de vida, é a primeira vez que começo um ano com esta decisão. Sei que é das resoluções mais comuns mas, felizmente, nunca tive que me preocupar muito com isso. Sempre tive um peso normal e adoro comer. Sempre tive a sorte de o meu peso não oscilar por aí além.

Mas parece que o tempo das vacas gordas (não é a melhor expressão para usar neste contexto, bem sei, mas não se me ocorre outra) já lá vai e o meu metabolismo aos 40 não funciona, definitivamente, da mesma maneira que funcionava aos 20 ou aos 30.

Assim sendo…estou a fazer dieta! (Diz que quando anunciamos ao mundo um desafio, ele tem mais chances de chegar a bom porto)

Não sou de dietas radicais. Detesto aquela sensação quase constante de fome e, para além disso, acho que as dietas em que, de repente, elimino uma série de coisas, mexem com o meu sistema nervoso. Por tudo isto, estou a fazer a coisa por partes e…logo vejo se resulta.

Para começar, enfrentei a balança. Foi no ginásio, na avaliação física e, infelizmente, tive a confirmação daquilo de que já desconfiava. Não aconteceu nenhum fenómeno estranho durante as últimas semanas no meu roupeiro que fez com que toda a minha roupa tivesse encolhido. Não. Eu estou mesmo BADOCHA!

Post(o) isto…apresento-vos o meu primeiro desafio.

Não comer, durante 21 dias, bolos, doces, sobremesas e outros que tais. E olhem que eu sou das pessoas mais gulosas do mundo!

16 dias já lá vão. Aguentarei os 21? Se sim, nesse dia celebrarei lambuzando-me com um dos meus bolos preferidos! (Uma pessoa tem que visualizar a recompensa no fim da linha, certo?)

Será que consigo? Venham de lá essas palavras de incentivo! =) E, se se quiserem juntar a mim, façam o favor! Juntas somos mais fortes (ou, neste caso, juntas seremos mais magras)

9 Comments
Previous Post
Next Post