Crio quê?

Cri…ó…li…pó…li…se.

Criolipólise.

Não sei quanto a vocês mas eu oiço o prefixo crio e vem-me logo à memória a imagem do Han Solo criogenizado. (E não é uma imagem bonita que nem o Han Solo fica bem congelado.)

Logo, quando me propuseram fazer criolipólise, quis saber tudo sobre este tratamento para a gordura localizada.
E sim, inclui congelamento. E eu fiz. E não, o meu corpo não foi conservado a uma temperatura negativa. Pelo menos não o corpo todo.
Passo a explicar. Ou melhor, explica a Rita Martins, da Clinica Secret Beauty.

“A criolipólise é um tratamento não-invasivo que permite a perda de até 30% da gordura localizada resistente ao exercício e planos alimentares.”

Estão a ver aquele pneu que não sai dali mesmo que uma pessoa passe três quinze dias a chá e sumos? Pois. Tenho um desses. Chateia-me. E como não me apetece (pelo menos para já) fazer uma lipo aspiração, optei por este método menos invasivo.

” A tecnologia CoolTech, através da aplicação de frio de forma controlada, vai induzir à apoptose das células de gordura, não provocando lesões nos tecidos adjacentes. “

Apoptose? Calma. Não precisam de ir ao dicionário que eu já fiz esse trabalho por vocês. Apoptose é um termo da biologia e significa “morte celular programada”. Eu sei que dito assim até assusta mas, pelo que me foi explicado e pelo que pesquisei sobre o assunto, basicamente o que acontece é que, em contato com a baixa temperatura, as células de gordura – chamadas de adipócitos – rompem-se. Consequentemente:

“O organismo, nas semanas seguintes ao tratamento, de uma forma natural, vai processar e eliminar essas células do organismo, o que nos leva à perda de volume (centímetros e não necessariamente a uma alteração significativa na balança).
O processo, na Clínica Secret Beauty, inicia-se com uma avaliação na qual consta as medições do perímetro da área a tratar bem como das pregas de gordura. Para completar a avaliação realiza-se um registo fotográfico com equipamento especializado. Dá-se continuidade ao tratamento ao ser colocado o gel que vai proteger a integridade da pele e de seguida inicia-se a colocação do aplicador em que este faz uma sucção da prega
de gordura para que possa ser sujeita à baixa de temperatura, devidamente programada e monotorizada.
Após 70 minutos o tratamento está prestes a ser concluído. O aplicador é retirado e é feita uma massagem de poucos minutos.”

Confesso que esta foi a parte que me custou mais em todo o processo. Aliás, foi mesmo a única que me custou porque a sucção, sinceramente, causa uma ligeira impressão mas não dói. A massagem (que é fundamental) custou-me um bocado mas…cada caso é um caso, somos todos diferentes e como tal, o que para mim foi um bocado doloroso, para outra pessoa pode não ser.
Terminado o tratamento, é necessário aguardar algumas semanas até surgirem os primeiros resultados. Eu já fiz há cerca de 15 dias e sim, noto a diferença.

É certo que, a juntar à criolipólise, continuei a fazer uma alimentação cuidada (nada funciona se não fecharmos a boca, certo?) mas sinto-me muito mais confortável com o meu perimetro abdominal. Aliás, não estaria aqui a partilhar esta experiência se não me sentisse satisfeita.

Secret Beauty
Rua Manuel Rodrigues Silva, Nº4, Lisboa
Tel. 800 914 900
Email: geral@secretbeauty.pt
Site: secretbeauty.pt

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.